11 DICAS PRÁTICAS PARA ACELERAR O METABOLISMO

Para não deixar o metabolismo ficar lerdo, as dicas são muitas, da alimentação à prática de exercícios. Vamos lá?



Alimentos que aceleram o metabolismo

Conhecidos como termogênicos, uma vez que são capazes de aumentar a temperatura corporal e acelerar a queima de gordura, eles ajudam no controle do peso e no emagrecimento. Então, tenha sempre à mesa:

1. Pimenta vermelha: bastam três gramas ao dia como tempero de pratos quentes e saladas pra aumentar o metabolismo em até 15%. Mas tem que ser a vermelha, pimenta-do-reino não tem esse efeito, certo?

2. Chá verde: também favorece a utilização da gordura corporal e atua como fonte de energia, com função de estímulo metabólico. É preciso beber quatro xícaras do chá ao dia. Só não vale adoçar com açúcar: tome puro ou use algumas gotas de adoçante.

3. Canela: tem alto teor de cálcio, essencial para aumentar o metabolismo basal. Salpique um pouco em pratos quentes, molhos e até saladas. Também vale colocar na sobremesa, mas não pode exagerar nos doces.

4. Gengibre: pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. Para consumir, use-o como tempero de carnes, aves e peixes. Vale colocar na sopa de legumes e no chá.

5. Ômega 3: encontrada em peixes como salmão, sardinha e atum, essa substância aumenta o metabolismo basal e faz com que o organismo não retenha tanto líquido. Opte por colocar uma porção de alguns desses citados no prato principal da sua refeição. Também vale fazer um lanche natural de atum ou usá-lo como mais um ingrediente da salada à noite.

6. Fibras naturais: por serem indigeríveis, elas mantêm a saciedade por mais tempo, agindo no metabolismo basal. No intestino, melhoram a microflora intestinal. Além disso, são fundamentais para uma ótima absorção de nutrientes, que também ativarão o metabolismo.


Hábitos que aceleram o metabolismo

7. Não ficar grandes intervalos sem comer: depois do café da manhã, almoço e jantar, coma frutas e faça lanches rápidos e leves. Sucos naturais, barrinhas de cereais e frutas são as melhores opções. Desse jeito, o metabolismo fica ativo durante o dia todo.

8. Combinar exercícios aeróbicos com ginástica localizada ou musculação: a prática regular produz uma ação metabólica contínua, acelerando o metabolismo. Ganhar massa magra (músculos) também é ótimo, já que esta gasta mais energia que o tecido de gordura.

9. Beber muita água: ela é fundamental para transportar vitaminas, minerais e hormônios, para eliminar toxinas e para o bom funcionamento dos intestinos. Beba de oito a 10 copos de água por dia, pelo menos. A água gelada acelera um pouco mais o metabolismo, já que nosso corpo trabalha (ou seja, queima energia) para deixá-la na temperatura normal.


O que retarda o metabolismo?

10. Estresse: ele diminui o seu metabolismo por colocar o seu organismo em estado de tensão. Além disso, muitas pessoas tendem a comer mais quando estão estressadas.

11. Falta de sono: isso faz com que você não acorde com a energia necessária para mais um dia, os músculos do corpo não estarão a 100% e o seu sistema metabólico ficará ressentido.

Se você cumpre tudo isso certinho e, mesmo assim, não vê resultado, marque uma consulta médica. Às vezes, algum padrão rotineiro pode estar atrapalhando todo o processo.

 

Fonte: http://minhavida.uol.com.br/alimentacao/materias/14879-11-dicas-praticas-para-acelerar-o-metabolismo

Escrito por: Daniela Hueb - Dermatologia e medicina estética

 

A LATA DA SAÚDE

O Atum em conserva adiciona nutrientes e sabor a refeições rápidas de corredores. Acredite! Além de ser supernutritivo, o atum em lata é uma opção muito prática para reparar a musculatura depois do treino, pois é rico em pr...oteínas e contém aminoácidos necessários para o atleta. Além disso, contém vitamina D, ômega 3 e cálcio, essencial para a saúde dos ossos.
 Aqui estão algumas dicas para uma refeição rápida e saudável:
- Em 5 minutos: um super sanduiche com patê de atum
- Em 10 minutos: uma bela salada com atum a gosto
- Em 20 minutos: misture atum ao macarrão preferido

E bom treino!

ALIMENTAÇÃO PARA GANHAR MASSA MUSCULAR

A alimentação é essencial para alguém que pretende crescer músculo, vou mesmo mais longe e creio que a alimentação é tão ou mais importante que o treino. Isto porque não importa o quanto treina, mas se não ingerir os alimentos adequados o seu corpo não irá conseguir recuperar e crescer.

Há alguns alimentos que deverá ter sempre na cozinha, caso o objectivo sejam os ganhos de massa muscular. São eles:

Clara de ovo - A clara de ovo tem uma proporção de proteína de gordura de 60:1, sendo portanto uma das fontes de proteína mais pura.

Frango/Peru - Carnes magras como o peito de frango e o peru são uma fonte de proteína de alta qualidade e deverão fazer parte da sua dieta. É carne com extremamente reduzida gordura saturada.

Peixe - Embora deva comer alimentos com pouca gordura, deverá comer peixe. O peixe contém ácidos gordos essenciais como é o caso do omega-3 que ajudam no crescimento muscular.
Peixes de águra fria, como o salmão, atum, truta e sardinhas são excelentes fontes de proteína e gordura saudável.

Feijões e Legumes - Se quer encarar de forma séria a musculação, não pode ignorar o poder dos feijões e legumes. Os feijões tal como a carne são uma excelente fonte de proteína e fibra.
A fibra é essencial para manter uma alimentação saudável, há feijões como o feijão roxo que contém 58% de proteína!

Carne Vermelha Magra - Os bifes contêm proteína, ferro, zinco e vitamina B. São também muito calóricos, excelentes para quem tem dificuldade em ganhar peso.
Não deve contudo consumir diariamente, porque têm altos níveis de gorduras saturadas. Deverá ser conjugada com refeições de frango, peru e peixe para variar um pouco a sua dieta semanal.

Hidratos de Carbono de Lenta Absorção - Os músculos não crescem apenas com proteína, terá de ter também uma fonta de hidratos de carbono. Estes funcionam como fonte de enegia para o crescimento muscular.
Contudo deverá evitar os hidratos de carbono de disgestão rápida (como as massas, arroz branco, pão branco, etc) e deverá optar pelos produtos integrais.

Água - Quando se pensa em musculação, a primeira palavra que vem à cabeça é carne… contudo esta deveria ser água. O nosso corpor é constituído por 70% de água, esta é extremamente importante para se manter hidratado durante o treino, e aumentar o seu metabolismo.

Fonte:  http://tafitness.net/alimentacao-para-ganhar-massa-muscular/

 

Ômega-3: Um nutriente essencial para o corpo

O principal ácido graxo da família ômega-3 é o ácido alfa-linolênico, considerado essencial porque não conseguimos produzi-lo no organismo.

Por esse motivo, precisamos que ele esteja presente na nossa alimentação nas quantidades corretas, o que pode ser conseguido por meio do consumo freqüente de peixes, principais fontes de ômega-3 da alimentação humana.

peixes x carnes

As grandes diferenças de composição entre carne de peixes e carne de frango ou carne vermelha estão na quantidade de gorduras, mas especialmente na qualidade destas.

Os peixes, com destaque para atum, salmão, sardinha e anchovas, possuem menos gorduras, sendo estas principalmente do tipo poliinsaturadas, muito melhores para a saúde, por ajudarem a reduzir os níveis de colesterol, entre outras ações. Já a carne de frango e a carne vermelha, também possuem nutrientes importantes para o organismo, mas contém maiores quantidades de gorduras saturadas, as quais podem aumentar os níveis de colesterol.

Adicione peixe na sua alimentação habitual. Sua mente e corpo agradecerão!

Equilibre suas refeições com alimentos de diferentes grupos.

Ao montar seu prato nas refeições principais (almoço e jantar), coloque sempre, em quantidades equilibradas, alimentos fonte de carboidratos (arroz, massas, batata, mandioca), que serão as principais fontes de energia para o seu corpo; proteínas (peixes, carnes e ovos), que representam o componente estrutural básico de todas as células, além de desempenharem funções de defesa, aceleração de reações, e transporte de substâncias por todo o corpo; vitaminas e minerais (verduras e legumes crus e cozidos), os quais participarão de uma série de reações fundamentais à manutenção da vida, além de fazerem parte da estrutura óssea e apresentarem uma ação antioxidante poderosa.

Os peixes, fontes de “gorduras boas”, protegem o coração.

Os peixes, principalmente: salmão, atum, sardinha e anchovata, são fontes das chamadas “gorduras boas”, como o ômega-3, que ajuda a proteger o coração e os vasos sanguíneos, além de prevenir problemas de colesterol e ter ação antiinflamatória.

O tesouro escondido

As sardinhas escondem uma riqueza inestimável.
Pequenas, saborosas e populares, as sardinhas são mais ricas em ômega-3 do que o salmão e estão sempre presente na lista dos melhores alimentos para uma vida saudável.

O ômega-3 ajuda na prevenção de diversos males. Traz muitos benefícios como: ajuda a proteger o coração e os vasos sanguíneos, além de prevenir problemas de colesterol. Sem falar que ainda entra na composição da retina e da massa cinzenta no cérebro. Além disso, a sardinha é fonte de proteínas de excelente qualidade, ideal para manter os músculos saudáveis, e fósforo, mineral indispensável que atua na formação de ossos e dentes.

Viu? Não faltam motivos para incluir a aventureira dos mares no cardápio. Nem desculpas: a sardinha em conserva Beira-Mar é a alternativa perfeita para aqueles que tem o dia a dia muito atarefado. Vem pronta para ser consumida ou adicionada em deliciosas receitas. E ainda mais, vem em embalagens práticas que dispensam o uso de abridor.

Abuse da criatividade e prepare pratos saudáveis e deliciosos em pouquíssimo tempo!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15

Compartilhar este conteúdo por email

Enviar para (para mais de um email, separar por vírgula):